Evite que as dores provocadas pela má postura atrapalhem a sua rotina.

Cuidar da saúde é mais do que botar a jaqueta de proteção antes de sair de casa, fazer uma alimentação balanceada ou ir ao médico com frequência. Muitos não sabem, mas com algumas atitudes simples no dia a dia é possível levar uma vida mais saudável – melhorar postura da coluna enquanto faz o seu trampo na moto é uma delas.

E não precisa esquentar a cabeça achando que isso vai ser complicado de fazer. Ficar de olho na postura é mais simples do que você pensa e te ajuda até a pilotar melhor. Veja algumas dicas a seguir e comece a colocar em prática hoje mesmo. Bóra lá!

Mantenha sempre a cabeça erguida (na vida e na moto)

Falar sobre cabeça erguida parece papo motivacional, mas manter a posição vertical da cabeça enquanto pilota sua moto é essencial. Isso garante não só uma postura que vai te ajudar a evitar aquela dor nas costas incômoda, mas também dá mais segurança e campo de visão pra fazer qualquer trampo.

Quando o cansaço bate, a postura tende a ser a primeira coisa a mudar. A cabeça mesmo já fica mais curvada pra baixo ou pro lado, como se estivesse pedindo por descanso. O problema é que qualquer outra posição que não seja a vertical, pode atrapalhar na visibilidade. E aí já sabe, né? O risco de sofrer acidentes pode aumentar, tá ligado.

Deixe os ombros e braços relaxados

Beleza, você já sabe que a cabeça deve estar sempre na vertical pra ter visão total de tudo o que tá acontecendo, pilotar com mais segurança e também pra evitar dores no pescoço e na coluna. Agora é hora de descobrir qual é o jeito ideal de posicionar os braços, mãos e cotovelos. Vem com nóis!

Primeiro, tenha em mente que é preciso adotar uma postura firme, mas não tensa, na hora de segurar o guidão da moto, sacou?! Por exemplo, se você estiver tenso, segurando o guidão com muita firmeza, isso vai acabar deixando os seus movimentos mais travados, o que não é o ideal.

Os seus braços e mãos devem funcionar de forma mais parecida com molas e articulações. Então, tem que ter certa dose de firmeza, mas também flexibilidade pra fazer movimentos rápidos e precisos. Ser um piloto ponta firme não tem nada a ver com força, beleza? Pode ficar suave e desencana de deixar os ombros muito rígidos ou dobrar os braços demais.

Posicione mãos e cotovelos de forma alinhada

Braços e ombros posicionados, é hora de voltar a sua atenção para as mãos. Falando rapidinho sobre as mãos, elas precisam estar sempre no centro das manoplas.

Quando as mãos estão mais perto da ponta, pro lado de fora, ou pra dentro, em direção ao centro do guidão, a chance de perder um pouco do domínio sobre os comandos é grande. Seja por conta da dificuldade pra pegar as manetes ou pela maior exigência de força na hora de fazer movimentos simples.

Ah, os cotovelos também precisam seguir uma postura considerada adequada. Para isso, quando estiver pilotando a sua moto, seja no dia de folga ou na hora do trampo por aí, mantenha os cotovelos levemente dobrados para dentro e posicionados sempre para baixo.

Assim como os ombros e os braços, os cotovelos também precisam estar relaxados pra funcionar como molas na pilotagem da moto e, assim, absorver impactos e melhorar a precisão dos movimentos.

Mantenha a coluna o mais reta possível

Existem coisas que são muito fáceis de esquecer, melhorar postura da coluna é uma delas. No dia a dia, entre um trampo e outro, esse detalhe acaba passando batido, e muitos só se lembram que a coluna existe quando uma dorzinha aparece.

Mas a dica é tentar manter as costas retas, com a coluna alinhada. Se você manter todos os outros membros do corpo alinhados, a tendência é que a coluna também fique reta automaticamente. Então, já sabe: se não lembrar especialmente da coluna, lembre do resto que tá quase tudo certo, beleza?

Use os joelhos para pressionar levemente o tanque

Depois de posicionar os membros superiores em seus devidos lugares e melhorar postura da coluna, é hora de ajeitar a parte de baixo do corpo. Então, bóra falar um pouco da posição adequada dos membros inferiores, começando pelos joelhos.

Aqui não tem muito segredo, os joelhos devem estar firmes, pois o que precisa de flexibilidade e movimento são os braços, ombros e mãos, parte que controla a moto. Sendo assim, é só você usar os joelhos pra pressionar levemente o tanque de combustível da moto e pronto, já fica certo. Não precisa usar muita força não, beleza?

Posicione os pés sempre encaixados na pedaleira

Por último, mas não menos importante, os pés devem estar sempre paralelos ao solo e os sapatos encaixados na pedaleira. Evite ao máximo deixar os pés em qualquer outra posição.

Outra consideração sobre a posição dos pés é que a ponta do sapato deve estar sobre os pedais de freio e câmbio. Lembrar disso é moleza, né?!

Agora que você já sabe tudo sobre melhorar postura da coluna e virou um especialista no assunto, que tal alertar os parceiros que também fazem trampo de moto? Um ajuda o outro. Bóra fortalecer a categoria. TMJ!